Reflexão: Azbuque

Hebraico: Perdão, Ne.3:16.
Quando lemos livro de Neemias, notamos que ele era o do terceiro escalão, estava à volta do cativeiro da Babilônia, para reconstruir a cidade de Jerusalém que foi totalmente drstruida pelo rei Nabucodonosor .
Pois o profeta Jeremias havia pregado por mas de vinte e tres anos para o povo se arrepender, porém o povo não deu ouvidos a mensagem da parte de Deus. (Jeremias 25).
Sendo assim veio o cativeiro babilônico por setenta anos.
Os primeiro ao regressarem foram os sacerdotes para reconstruirem as colunas do templo, isto está no livro Esdras.
Segundo grupo a voltar era a equipe de Esdras com os profetas Zorobabel para reconstruir a cidade.
E o terceiro grupo Neemias para reconstruir os muros da cidade de Jerusalém.
Isto mostra ao povo regressar a cidade de Jerusalém, eles ao pagarem alto preço pela sua desobediência foi perdoado por Deus, porém uma vez pecando traz consequências.
Trazendo para nosso dias se você pecou e pagou um alto preço ou está pagando o preço por causa de uma mal escolha ou fez escolhas precipitadas, se houve arrependimento no seu coração Deus já te liberou perdão.
Mas as consequências do seu pecado não, pois diz texto a lei universal que é a lei da semeadura; o que o homem semear, isto também ceifará (Gálatas 6, 6, 7).
A partir de hoje semeie coisas boas e pense o que você vai semear hoje, pois no futuro isso vai te levar pra longe da presença de Deus ou vai te trazer mas para perto de Deus, a sua semeadura pode ser boa ou ruim porém ambas vao trazer consequências.
Pense nisso semeie as coisas boas ; amor, paz, seja pacificador, seja bom para as pessoas, seja generoso com todos e no fim que vai ganhar e colher todo bem que você fizer é você mesmo.
Pense nisso e comece uma nova semeadura na sua vida.
Que Deus abençoe seu dia em nome de Jesus.




Gostei

Gostou do que leu? Clique no coração acima!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários de acordo com o texto e sem palavras ofensivas, obrigado (www.conselheirocristao.com.br)

Compartilhe

Compartilhe