A tribulaçao nos faz crescer

A tribulação é encarada por muitos como algo que nos traz tristeza, dor, angustia, sofrimento e de certa forma produz o mal às pessoas.
Aprendi nesses anos que conheço o Senhor que tudo o que é mal ou produz o mal deve ser tirado, arrancado enfim totalmente aniquilado da nossa vida.
Ninguém gosta de passar por situações assim, mas o fato é que todos passaremos por tribulações, o próprio Senhor Jesus passou pelas aflições e angustias sendo Ele o próprio Deus.
Mas o que aprendi também, e isso me ajuda e muito, é que a tribulação não produz apenas dores e sofrimento muito pelo contrário, produz perseverança, experiência e esperança.
Em outras palavras a tribulação “pode nos fazer crescer” em direção a maturidade de vida, no relacionamento com Deus, com os que na cerca e conosco mesmo.
Eu disse que “pode nos fazer crescer” porque muito não tem essa visão e encaram as tribulações de forma negativa,culpando a tudo e a todos por seus fracassos e dores, vivendo de forma amarga, transformando seu lar, seu local de trabalho, sua igreja, seu colégio enfim seu local de convivência num lugar insuportável de estar e de viver.
Vamos encarar as tribulações da melhor maneira possível e do jeito certo para o nosso próprio crescimento, para sermos pessoas mais agradáveis e amáveis, rompendo em fé buscando a Paz com todos! Deus abençoe a todos e que o Senhor possa falar mais ao nosso coração.
(Romanos 5:3,4).......Deus vos abençoe......
Escrito por:
Arnaldo da Silva Ferreira



Um comentário:

  1. Nosso irmão Arnaldo esta correto. As tribulações pela qual passamos, em muitas vezes nos tira a paz, a esperança e a tranquilidade, haja vista o que passou Jó quando ele fala de seu problema no cap. 34 e a resposta que seu amigo Eliú lhe da no vers. 35 dizendo: " Jó falou sem conhecimento, e nas suas palavras não há sabedoria!
    Meu irmão, se você esta passando por esse momento entregue a sua vida nas mãos de Jesus e aguarde o Seu agir em sua vida. Que Jesus te abençoe!

    ResponderExcluir

Comentários de acordo com o texto e sem palavras ofensivas, obrigado (www.conselheirocristao.com.br)

Compartilhe

Compartilhe