Sobre relacionamento com um incrédulo

Ola queridos leitores do Conselheiro Cristao de todo o Brasil, a paz de Cristo Jesus para todos!
Hoje vou abordar sobre a questão de namorar uma pessoa incrédula ou que não é cristão, pois tenho recebido muitos e-mails em relação a isso, não sei sé é falta de ensinamento dos pastores aos jovens em relação a isso, mas vamos aproveitar para falar do assunto para deixar os jovens bem esclarecidos quanto a isso.
Bem vamos então ha uma pergunta primordial que é: O que a bíblia diz a respeito do assunto?
Vamos lá, leia com bastente atenção o texto abaixo:


Vamos agora falar a respeito do que você acabou de ler:


1º - Note que o Conselho logo de início é: Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis, ou seja, aqui esta falando de relacionamento, pois quando você esta um relacionamento, querendo ou não você de certa forma esta preso aquela pessoa, no sentindo de que você não estará "livre" para fazer o que bem entender, e quando fala "desigual" esta se referindo ao fato de não se ter os mesmos principios, e infiéis, por que tais pessoas não foram tranformadas pelo poder se tornando nova critura.
2 º - Logo depois você percebe que o Apostolo Paulo explica sobre o fato de o crente ser Templo do Deus vivente e o descrente não, que no caso é chamado de "templo de idolos" e diz que Cristo não concorda com Satanás.
3º - E o conselho que esta bem claro é: "pelo que sai do meio deles e apartai-vos, diz o Senhor", aqui esta dizendo para não participar das mesmas coisas que eles participam, claro que o apostolo Paulo não esta dizendo que você tem que fazer acepção de tais pessoas, não é isto, pois fazer acepção é antibiblico, mas esta dizendo que um cristão deve se relacionar com um cristão, entenda bem é com um cristão, filho de Deus, não aquele que se diz ser cristão e vive nas mesmas práticas das pessoas no mundo.

Algumas coisas para entender prática:

Digamos que uma pessoa que é cristã case com uma pessoa não cristã, o que pode acontecer? Vejamos algumas coisas:
a)- O cristão ama falar das coisas de Deus, o não cristão não da muita importância para isso, e até ignora, e uma vez que no casamento a intimidade entre o casal cresce, este descrente poderá falar com mais liberdade que não gosta de ficar ouvindo falar disso (das coisas de Deus) "toda hora".

b)- O Cristão gosta de estar na casa de Deus, e participar de eventos da igreja e com os amigos da igreja, poderá ocorrer de muitas vezes o conjuge descrente não querer participar junto com o outro, por não gostar destes ambientes, neste caso o conjuge crente estará sozinho e muitas vezes em comemorações importantes, isto poderá ocorrer diversas vezes de o conjuge crente ir para igreja muitas e muitas vezes sozinho, isto de certa forma traz um desgaste pelo fato de voce querer ter o seu amado(a) por perto e muitas vezes não ter.

c)- O crente tem um linguajar mais educado e mais puro, o descrente poderá falar e de vez em quando soltar um palavrão, isto poderá irritar o conjuge crente e pode até causar discussões.

d)- O conjuge crente poderá deixar de tomar muitas decisões por temor a Deus em momentos de dificuldade, o descrente por não temer a Deus poderá tomar muitas atitudes erradas, pois ele não esta nem ai para Deus nem para seus princípios.





Conselhos

Portanto você que é Cristão(ã), pense bem antes de se relacionar com uma pessoa incredúla, por mais legal que seja esta pessoa, pois muitas coisas acima podem acontecer e além do que foi escrito, é claro que existe uma possibilidade de o incredulo ou descrente se converter porém a biblia não garante tal fato, apenas diz que há uma possibilidade, porém isto é algo incerto, portanto a melhor coisa a fazer é atentar para os mandamentos de Deus. Que Deus te abençoe em nome de Jesus.

19 comentários:

  1. ola, ótimo texto bem explicativo, mas tenho uma duvida, ha um tempo que eu gosto de uma menina, e descobrir que nunca poderia ter um relacionamento com ela pelo fato de eu não ser cristão, tenho vontade de mim converter, mas tenho um receio que me julguem dizendo que só fiz isso por causa dela, mas uma vez vi uma frases que dizia " Deus sempre coloca e nossas vidas pessoas que nos aproxima dele" se eu me converter poderei ter uma relacionamento com ela? e como saber se isso agrada a Deus? agradeço desde já.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Italo, sou cristã, e apenas vou dar a minha opnião, não teria problema nenhum de vcs se relacionarem após a sua conversão, mas vc tem que lembrar que conversão não é uma brincadeira, vc tem que estar decidido a mudar a maneira que vc vive hoje em dia, para seguir os passos de cristo. Lembrando também que ao se converter, para ter um relacionamento com a jovem, vc devera ter uma conversa com seu líder de igreja, para que se ele permitir vcs dois comecem a orar, no minimo 3 meses, sem terem nenhum relacionamento fisico, e assim terem a certeza de que realmente é um namoro que provem de Deus.

      Excluir
    2. Italo, sou cristã, e apenas vou dar a minha opnião, não teria problema nenhum de vcs se relacionarem após a sua conversão, mas vc tem que lembrar que conversão não é uma brincadeira, vc tem que estar decidido a mudar a maneira que vc vive hoje em dia, para seguir os passos de cristo. Lembrando também que ao se converter, para ter um relacionamento com a jovem, vc devera ter uma conversa com seu líder de igreja, para que se ele permitir vcs dois comecem a orar, no minimo 3 meses, sem terem nenhum relacionamento fisico, e assim terem a certeza de que realmente é um namoro que provem de Deus.

      Excluir
    3. Obrigado por sua ajuda, você conseguiu esclarecer minhas dúvidas, apesar de que não podemos mas ter por que ela já esta em um relacionamento com um menino da mesma igreja que ela freqüenta, isso me deixou muito triste porque eu queira muito ter um relacionamento com ela, mar não foi de todo mal, eu acabei me convertendo mesmo assim, mar obrigado por sua ajuda

      Excluir
  2. Olá tenho uma dúvida em relação a isso porque comecei a namorar um rapaz que ele n era evangélico, e agora ele se converteu graças a deus, por entanto ele me convidou a ir à igreja dele me emociono muito com o que vi e ouvi as lindas palavras sobre deus é entanto eu queria, queria n eu quero muito me converter não só por causa dele mais sim porque não quero mais viver nesse mundo de perdição, e meus amigos acham que só quero me converter por causa dele mas não é só por ele e sim pq quero realmente mudar minha vida, ter um relacionamento firmado em deus, em relação a se vestir tbm pq só uso roupas curtas e n tem como mudar rápido assim é como o pessoal julga muito poderiam me ajudar? Tô confusa e al mesmo tempo decidida

    ResponderExcluir
  3. Eu estou cuidando do ministério de jovens da minha igreja e esse tema será discutido no nosso próximo encontro e devo dizer que seu texto e esse vídeo me ajudaram muito a montar um debate bem legal com eles .
    Muito obrigada
    Deus abençoe sua vida

    ResponderExcluir
  4. Por essa e outras razões que os evangélicos são vistos como contraditórios e retrógrados. Não é porque a pessoa não é cristã ou não tem a sua religião que ela não é justa, não é digna de um relacionamento sério ou é pior do que você, somente porque não pratica a fé da mesma maneira. Esse é mais um tipo de segregação que esse segmento prega como se fosse verdade absoluta. Eu já namorei uma pessoa evangélica que falava muito palavrão, julgava as pessoas pelo seu próprio ponto de vista e "sutilmente" se dizia melhor que os outros, da mesma forma que nesse texto. Prestem atenção nas suas ações e palavras senhores. Tenho certeza que se forem um pouquinho perspicazes e inteligentes chegarão a conclusão de que ninguém precisa da sua aprovação para viver, se relacionar, ou fazer QUALQUER coisa na vida. Deixem o julgamento pra quem realmente pode julgar e sejam mais felizes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. claro que o apostolo Paulo não esta dizendo que você tem que fazer acepção de tais pessoas, não é isto, pois fazer acepção é antibiblico, mas esta dizendo que um cristão deve se relacionar com um cristão, entenda bem é com um cristão, filho de Deus, não aquele que se diz ser cristão e vive nas mesmas práticas das pessoas no mundo.
      Amigo(a) anônimo acho que você não leu este trecho! De qualquer forma obrigado pela participação e seja sempre bem vindo(a)!

      Excluir
    2. Todas as pessoas, sem exceções, são filhos de Deus, e não somente os cristãos, "mesmo aqueles que vivem nas mesmas práticas das pessoas do mundo", como você disse. Diz que fazer acepção é antibíblico mas continua fazendo da mesma forma.

      Excluir
    3. Ola, temos que saber separar cada assunto abordado, sobre o fato de todas as pessoas ser filhas de Deus, já é um outro assunto, e neste caso não sou eu que digo e sim a palavra de Deus leia com atenção e mais de uma vez se for necessário:

      Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.
      Romanos 8:9
      Esta bem claro no versículo que se alguém não tem o Espírito Santo, tal pessoa não é Dele.

      Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de Deus.
      Romanos 8:14
      Esta bem claro no verso acima que todos os que são guiados pelo Esírito de Deus, esses são filhos de Deus.

      Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai.
      Romanos 8:15
      Esta claro acima que temos que receber o Espírito de Adoção de filhos ( Espírito Santo ), para sermos filhos de Deus, não duvida no verso, e esta claro.

      O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus.
      Romanos 8:16
      Esta claro que somente o Espírito Santo, que habita em nós testifica que somos filhos de Deus, e como disse em versos anteriores, se alguem não tem o Espirito Santo esse tal não é Dele.

      Por fim:
      Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome;
      Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.
      João 1:12,13
      Ou seja para receber o poder, ou direito de ser filho de Deus, é preciso receber a Jesus como Salvador, pois é Ele que derrama sobre nós o Espírito Santo, esta claro e sem contradição, por isso que Jesus disse que é necessário nacermos de novo, caso contrário todos são criaturas de Deus.
      Acredito que esta bem claro, não sou eu quem digo e sim a Palavra de Deus!

      Excluir
    4. a resposta é simples... dizer que é evangélico, hoje qualquer um diz. Contra fatos não há argumentos... simplesmente você se relacionou com alguem que se dizia ser cristã.

      Excluir
  5. Olá,eu estou com uma dúvida,é que eu estou apaixonada por um garoto que não é cristão e ele está apaixonado por mim,eu quero namorar com ele,mas eu tenho medo de estar fora da vontade de Deus.O que eu faço?

    ResponderExcluir
  6. Olá,eu estou com uma dúvida,é que eu estou apaixonada por um garoto que não é cristão e ele está apaixonado por mim,eu quero namorar com ele,mas eu tenho medo de estar fora da vontade de Deus.O que eu faço?

    ResponderExcluir
  7. Olá, queria tirar uma dúvida, eu não apenas gosto, mas amo uma menina católica, e isso é o único fator que me impede de me aproximar dela pra poder evoluir no inicio de um relacionamento, sei que pode nao dar certo mas meu amor ja é muito grande pra desistir dela nao é tao simples tira-lá do meu coração, me ajudem!!!

    ResponderExcluir
  8. Olá, eu amo um garoto que não é cristão. Temos muita vontade de namorar, mas minha mãe impede pelo fato dele não ser cristão. Eu também sei que não é nada certo o Julgo Desigual, mas o que sinto por ele é algo muito bom. E ele me falou uma vez que se a gente namorasse ele iria para a igreja comigo. O que eu faço? Me preocupo com as consequências!

    ResponderExcluir
  9. Oi eu namoro a 9 meses mas quando eu comecei a namorar cm ele eu Tavà na igreja e ele afastado da ir ele voltou somos da igreja ele quer casar comigo mas mesmo as imagens tenho medo tem horas que eu penso que ė de Deus outra hora penso que foi um laço do inimigo pra mim confundir em fim estou em dúvida o que eu faço

    ResponderExcluir
  10. Bom dia/tarde/noite!
    Não sou cristão, mas respeito quem seja. Fico muito triste em ver a forma como vocês enxergam tudo isso. Fica parecendo que quem não é cristão é inferior. Eu gosto muito de uma menina na faculdade, fazemos o mesmo curso, e ela é evangélica. Eu tenho a certeza que poderia dar certo com ela, mas muito provavelmente ela tem essa ideia na cabeça, de conselhos como esses acima. Eu poderia muito bem escutar ela falar o tempo todo, e dar ouvido a ela. Participar dos eventos com ela, além de respeitar os momentos da pessoa, e fazer determinadas coisas somente no casamento. Não falo um palavrão sequer. Acredito que a situação está muito mais em ter respeito nas crenças da outra pessoa. Entenda crenças não somente como o faro da pessoa acreditar no Deus de Israel, mas crença como qualquer coisa que ela acredite. Várias pessoas daqui do site podem ter perdido parceiros incríveis, que não eram cristãos. Mas fazer o quê né. Seria muito bom se parassem pra refletir à respeito disso sem os olhos de um cristão, apenas tentar enxergar o outro lado da coisa.
    Tudo de bom pra vocês!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por mais homens assim no mundo!!!

      Excluir
  11. Bom, nasci num lar evangelico, cresci e sou uma pessoa ativa na igreja. Meus pais nunca me impediram de namorar quem quer q fosse, ate pq acreditam e confiam nas minhas escolhas. Estou a 2 anos noiva, meu noivo eh cristao, mas segue a religiao catolica. Por incrivel q pareca, a familia dele q nao aceitou no inicio nosso relacionamento por causa disso. Enfim, vamos nos casar. Ser cristao nao eh seguir uma religiao. Eh buscar ter uma vida como Cristo. Frequentar cultos, pregar, louvar, nao eh sinonimo d ser cristao, mas eh buscar viver em santidade, alias santidade nao eh ser santarrao, eh admitir erros, falhas, e o quao pecador somos. Meu noivo, eh um homem d Deus pra mim, cuida d mim, me protege, me anima na fe, diferente de tantos outros q seguem doutrinas evangelicas. Creio q nos precisamos rever muita coisa, q vem sendo ensinado erradamente.

    ResponderExcluir

Comentários de acordo com o texto e sem palavras ofensivas, obrigado (www.conselheirocristao.com.br)

Compartilhe

Compartilhe